24.3.04

SEJAM TODOS BEM CHEGADOS

Doces figuras, sejam todos bem chegados.

Confesso a vocês que a motivação principal desta revista - rejeito o termo blógue com todas as minhas forças - não é apenas uma.

Um pouco por causa da saudade que me dá o SENTANDO O CACETE, revista virtual onde eu, Aldir Blanc, Fernando Toledo, Mariana Blanc e Mauro Rebelo despejávamos semanalmente nossos textos. Foi ficando cada vez mais difícil gerir o SENTANDO e ele sucumbiu.

Um pouco por inveja, confesso tê-la, de meu irmão, Fernando Szegeri, que criou a sua revista.

Um pouco atendendo a pedidos de alguns poucos que, dizem, têm saudade do que chamam de meus "murros por escrito".

E muito porque, de fato, sinto falta de escrever para que toda a gente leia.

Como a internet veio, também, para transformar todos em jornalistas empregados de si mesmo, eis-me aqui.

Até.

Um comentário:

Fernando Szegeri disse...

Como não podia deixar de ser, sinto-me honrado em poder inaugurar esta seção de comentários. E assim confesso que um dos meus objetivos com o "Só dói" já foi alcançado: botar pilha pra que meus malucos do coração façam o mesmo. Nós precisamos da tua pena irada, mordaz, doce, terna, galhofeira, sarcástica TODOS OS DIAS.
Sucesso, Edu! Vamos quebrar tudo! Um beijo!