22.11.05

MEU LAR É O BOTEQUIM




Freqüentadores do Buteco, fiéis leitores, recém-chegados, eis que vem se aproximando o grande dia (ao menos pra mim!). Antes, pausa pros créditos: a foto acima, um instantâneo de um delírio que só o Rio de Janeiro permite, eu batendo um tremendo papo com Noel Rosa, no Boulevard 28 de Setembro, é de Pedro Toledo, meu queridíssimo Pepê.

Vai ser lançado no dia 12 de dezembro de 2005, uma segunda-feira, a partir das 20h, no Estephanio´s Bar, que fica na Rua dos Artistas número 130, em Vila Isabel, na esquina com a Rua Ribeiro Guimarães, meu livro "Meu Lar é o Botequim: histórias, palpites e feitiço sem fim", pela Casa Jorge Editorial.

Depois de meses de muita ralação, a coisa vai tomando forma e está praticamente pronto o caprichado livro que a Marcia Silveira, editora da Casa Jorge, preparou com imenso carinho. Digo sem medo ou vergonha que o autor é o peixe mais miúdo da coisa. A capa é de autoria do Lan, um mito carioca, um "portelense, bom de samba e coração circense". O prefácio vem assinado por outro mito, outro monstro das letras cariocas, Aldir Blanc, autor do verso que define o Lan. A apresentação, é feita por aquele que considero o maior escritor brasileiro, autor de meu romance preferido, Fausto Wolff. As ilustrações e as fotos feitas por Pedro Toledo, o Pepê. O projeto gráfico, pela também querida Adriana Moreno. O texto da orelha é de ninguém mais ninguém menos que Fernando Szegeri, meu irmão paulista.

São 46 histórias, contos e crônicas. Dez ilustrações caprichadíssimas. E há o desfile dos personagens que deram e dão cor ao Buteco, e eu espero, sinceramente, que todos gostem do livro como eu gosto.

Pausa pro comercial: será um excelente presente de Natal. Pigarros e vamos em frente.

No dia 17 de dezembro o lançamento será em São Paulo, no meu buteco preferido de SP, o Ó do Borogodó, comandado pela doce Stê e pelo Capitão Leo, durante roda de samba dos Inimigos do Batente, grupo arretado comandado pelo Szegeri e pela minha comadre Railídia. Notem o quanto de carinho envolve a coisa.

Meu muitíssimo obrigado a quem torceu junto - e foi muita gente! - e especialmente ao Zé Sergio Rocha, mentor da maluquice que a Marcia Silveira comprou. E que vocês, eu espero com todas as minhas forças, comprem também!

Depois de São Paulo, vou à Volta Redonda, terra do Comandante, pra lançar por lá o livro.

E vocês que me perdoem, também, mas daqui pra lá vai ser muito difícil, eu diria quase que impossível, eu falar noutra coisa.

A cabeça a mil, a expectativa na lua, enfim, tudo o que um obsessivo precisa pra piorar a olhos vistos.

Até.

31 comentários:

Seu Pai disse...

Du , não tenho dúvida alguma que o sucesso será " estrondoso " !!! Antecipadamente parabens pela obra que com certeza será a primeira de muitas outras . SUCESSO ....beijos !!

Miguel disse...

Não tenho dúvidas que será um sucesso.
Com certeza, será o presente que darei para os amigos nesse Natal.
Parabéns.

felipe_millem disse...

Edu,

Parabéns pelo lançamento de seu primeiro best seller!
Cuidado na hora de vender os direitos de adaptação para o cinema.
Agora só falta plantar uma árvore e ter um filho!

Armando + Jeremy disse...

PARABENS Edu!!!

Você merece mesmo!

Armando + Jeremy

cesar nascimento disse...

Edu é claro que vou estar engrossando a fila pros autógrafos. Eu não tenho a menor dúvida de que será um sucesso absurdo camarada. Teu texto é perfeito e sua carreira só está começando!

Guilherme Castello Branco disse...

Meu caro, parabens ! fico super feliz e orgulhoso, e nao vejo a hora de ler o tomo

Flávio disse...

Foi uma longa gestação, mas agora termina a sua ansiedade. Tenho certeza que todos vamos adorar - e comemorar bebendo todas - o seu livro.
Aguardo a lista das livrarias em que poderei adquirir presentes de natal e ano novo para outros amigos (o da noite de autógrafos fica para mim).

Roberta Cunha Valente disse...

Meu Deus! Se você já era insuportável antes de ser famoso, o que virá agora? ;-)))))

Edu, estou muito feliz por você, parabéns, será um arraso, tenho certeza. E dia 17 estarei lá.
beijoss

juliana amaral disse...

meu herói,
eu, na pele de sua mais recente e folgada fã (presumo) e ainda como companheira de neurose (obsessiva, obsessiva), diria, a despeito da certeza de que vai dar tudo certo: respira, conta até 10 e de novo de trás-pra-diante, e mais uma vez, pensa num coqueiro e relaxa, o tempo não vai passar mais depressa, vão ser os mesmos 20 dias, as mesmas 480 horas, minuto a minuto, até chegar lá.
Tá bom, tá bom, nada disso adianta, à merda esses terapeutas ordinários e suas técnicas ridículas, tomara sim que chegue logo, que as horas diminuam de tamanho e que de repente seja dia 12, e daqui de São Paulo estaremos pensando em você com vontade de estar aí... mas dia 17 a gente comemora junto, com louvor.
Beijo grande, e todos os parabéns porque você merece (e muitos também pra Dani, por estar te suportando...)

Fumaca disse...

Parabens Edu! Estou louca para ler e triste porque nao vou estar ai para o lancamento. :( Estava na esperanca que fosse na segunda metade de dezembro...

Bjs,

Obs: tente descobrir de onde mandei essa mensagem.

Ludmila disse...

Edu,
sucesso garantido, tenho certeza!!! Também sinto muito pois não vou poder estar aí pessoalmente... parabéns! também acho que é o primeiro de muitos!!!
Um beijo

Marcy disse...

Edu
Parabens!!!
Espero vc aqui em SAMPA...
Bj
Maecy

Szegeri disse...

Isso aqui tá uma puta babação de ovo! Lá no butiquim do Bule já tinha uns três te mandado tomar no rabo, Edu. Dinda, faz alguma coisa, pô!Augusto, não me abandona! Alô, pai Dalton! Isso aqui é um Buteco ou é a reunião da Associação Amigos de
São Conrado - ASCO? Tá parecendo a reforma que fizeram no Belmonte... Não fodam!

Renato Machado disse...

Edu, vou estar no Estephanios pra finalmente poder lhe dizer pessoalmente de minha admiração e para conhecer também esse pessoal todo que são seus personagens. Vai ser bem divertido descobrir quem é quem, quem é de carne e osso e quem é fruto da tua mente insana! Sucesso Eduardo! Muito sucesso.

Anônimo disse...

tem que ser muito marrento pra posar com essa intimidade diante do noel! mas vc tem e pode grande edu! sempre soube que vc iria muito longe, desde o sentando que eu assinava e lia orgulhoso. vamos esgotar a primeira edição! MNoronha

Maria Cristina Leonardi disse...

Eduardo você não vai lembrar de mim também mas eu também era assinante da SOC (como chamava aquela revista) e foi o Noronha, meu amigo que mandou o link pra esse texto onde soube da estupenda novidade. eh mais do q merecido. eh mais do q na hora. eh mais q esperado. tão bom quanto saber disso foi saber o quanto vc é bonito por fora tbm com todo o respeito a dani rs :-) vou ao lançamento orgulhosa de ser uma das suas primeiras fãs. beijo e sucesso.

juliana amaral disse...

Szegeri, deixa o menino desfrutar um pouco... ainda não vieram as críticas da imprensa especializada e, pior ainda, a ausência delas, ainda não chegou a hora de fazer a conta e ver que a venda é muito muito menor do que acalentava no mais íntimo dos sonhos, ainda não apareceu aquele erro mínimo e abominável na impressão que vai dar soluço toda vez que ele (e só ele) olhar pra capa, e os comentários estúpidos de gente que não entendeu nada... deixa o menino desfrutar um pouco...

Áurea Alves disse...

Estaremos lá.
Plural proposital.
Você me entente.
Sucesso, amigo!
Beijos
Áurea Alves

Vera Mello disse...

Querido Edú
Sou sua fã desde sempre e estarei lá. Estou super orgulhosa e , devo dizer, nada surpreendida. Sempre soube que você ia acabar "escorregando nesse barranco" . Por que? Porque talento é assim , visível, transpirável, transbordável e sua amiga aqui sempre olhou pra você com olhos atentos. Parabéns por mais essa realização querido e prepare-se, o transbordamento está apenas começando.
Beijo,
Verinha

Anônimo disse...

Edu,
Claro que estarei presente. Se estamos juntos na hora das merdas ... não posso faltar no filé mignon.
Irmão ... Parabéns!
Vinícius "Mico"

∫nês disse...

Agora é a minha vez de invadir o teu espaço. Parabéns da Portuguesa, antes em NY e agora em Boston... o resto é escusado dizer.
O teu livro já se está a internacionalizar :)

Mais uma vez, Parabens!

Betinha disse...

Preciso dizer "parabéns"? Preciso falar sobre seu maravilhoso e visível talento? Preciso dizer que estarei no Estefi dia 12? Preciso dizer que penso todo o tempo em como me teletransportar para o Ó dia 17? Preciso dizer o quanto te admiro e te adoro? Acho que não, né?... :-)
Muitos beijos! Sucesso!

Denise Barbera disse...

Edu faço coro com todos menos com esse epírito de porco que vc sempre exalta. Inveja :-)))))))))) Moro em Petrópolis porisso não vou poder ir ao lançamento do livro mas com certeza vou comprar ele aqui. Se tiver o ritmo do blog vai ser um estouro. Beijo e sucesso.

Mariana Arcoverde disse...

Edu vai ser possível comprar o livro pela internet ou ele vai chegar em Salvador? Capa do Lan heim que chique!

Laís Biampinni disse...

Edu

leio o seu blog sempre que posso e procuro fazer isso todos os dias porque qdo acumulo leitura perco um tempao porque seu texto eh viciante!

é + do que óbvio que eu vou comprar o livro e dar de presente de natal, tá?

conta comigo na fila dos autógrafos ê ê ê

Renato C. Netto disse...

Você já sabe quanto vai custar o livro? Tem algum link no blog direcionando para seu email? Qual seu email? Parabéns cara! Que seja o início de uma carreira!

Pat Moreira disse...

Edu,
Parabés!
Tenha certeza de que o Stéfi ficará mais cheio do que no carnaval! Por isso, deixe disponibilizado vários exemplares do livro, afinal é Natal!
Bjs,

Jean Scharlau disse...

Tchê! (Tchê honorário)
Com este time de apresentadores, capista, prefaciadores, fotógrafos, ilustradores, orelhadores, amigos, parceiros e evidentemente musas, só podia mesmo ser o buteco o centro e o título, sem falar no autor, que aí arrisca ser redundância. Já estou com a garganta seca pra pegar uma mesinha de canto e mandar ver. Está na agenda: dia 12 de 12, depois das oito, tomar umas num buteco por aqui e fazer de conta que estou aí no grande evento dos melhores cariocas.

O Lobo está devagarito ficando nos trinques. Quando quiseres, manda artigo (por emeile).

Grande abraço! Jean.

Alexandre Salvador disse...

E aí meu amigo, que doideira esta história toda heim?
Agora relaxa porque a merda já está feita(rs).E como dizem os atores:"muita merda pra vc, irmão".
Mas não passei por aqui pra babar. Passei pra dizer que no buteco a gente comemora bebendo, portanto, prepare o caneco que esse lançamento vai acabar rendendo outro livro.
Abração irmão.

Tata' disse...

Edu,
Lamento nao estar ai no dia do lancamento, mas entarei em pensamento! Boa sorte! E assim que nos encontrarmos tomaremos umas pra comemorar e matar a saudade...
Com carinho, Tata'

Nicola disse...

Um dia passando pelo Bairro de Fátima, Rio de Janeiro, avistei um deses vendedores de livros autônomos de rua(leia-se "camelôs") e vi que em sua coleção havia um livro com um título muito interessante: "meu lar é o botequim". Pensei: este livro é a minha cara. (risos). Não hesitei em comprá-lo. Estou quase terminando de lê-lo e confesso que estou com uma pena danada dele está chegando ao fim.
Estórias divertidíssimas narradas de uma forma bem simples e natural onde temos a impressão que estamos participando delas.
Um forte abraço e sucesso, sempre.

Oséas Nicolau (Nico Borrone)