3.4.06

AMIGOS MEUS

"Amigos meus, está chegando a hora
Em que a tristeza aproveita pra entrar
E todos nós vamos ter que ir embora
Pra vida lá fora continuar"

(Toquinho - Vinicius de Moraes)




Dia 03 de abril nunca mais foi o mesmo depois que o Fabinho partiu, levado pela mais cruel das mulheres (e não direi seu nome).

É o dia de seu aniversário, no qual, ano após ano, nos encontrávamos para um chope, uma cerveja, um brinde rápido em meio a correria do dia-a-dia, quando não sabíamos, ainda, que tão cedo não poderíamos mais repetir o ritual.

E hoje, com a lembrança viva dentro de mim, e por uma razão particularíssima, que talvez somente ele e seus irmãos entendam, faço questão de cravar aqui, no Buteco, mais uma homenagem ao malandro.

Lembrem-se de que eu estive com a Dani, no começo do ano, no casamento da Luciana, sua irmã, quando fiz brevíssimo relato sobre um troço que me emocionou demais durante a festa.

Taí, então, a foto. Eu entre seus dois irmãos, Thiago e Sérgio, repetindo o abraço impossível.

Até.

Nenhum comentário: