2.4.06

UMA AJUDA


"Bandeira branca, amor
Não posso mais.
Pela saudade
Que me invade eu peço paz"

(Laércio Alves)

A ignorância é mesmo um troço que humilha.

Gastei muitas horas ontem e algumas hoje tentando dar cara nova ao Buteco. Fiquei, vocês não imaginam, numa alegria que parecia inesgotável diante das novidades que iam aparecendo na tela do monitor a cada intervenção minha.

Tudo isso, toda essa euforia, somente enquanto eu não percebi a limitação dos meus parquíssimos conhecimentos (será esse o superlativo absoluto sintético para parcos?). Bastou, já com a primeira página do Buteco modificada, eu correr os arquivos... E para minha suprema decepção, tudo como dantes.

As modificações que fiz, tão contente, funcionam apenas na página inicial. E os meandros dessa linguagem HTML, esses segredos, são rigorosamente inescrutáveis para mim, um boçal olímpico na matéria.

Se algum leitor puder me ajudar, agradeço imensamente.

Deixo meu email à disposição.

E desde já, obrigado.

Até.

PS: aos que ontem me mandaram emails, aos que telefonaram, aos que pessoalmente demonstraram tristeza e compaixão diante do meu retumbante fracasso diante do propósito de deixar o cigarro, cumpro o dever de avisá-los que tratava-se, apenas, de uma daquelas idiotas peças que se prega no primeiro de abril. Prossigo firme, desde 15 de março, sem fumar. E assim será. Pra todo o sempre. Amém.

Um comentário:

Betinha disse...

Hahahahahaha!!!!! A-DO-REI!
Beijo enorme com muito carinho. Saudade!!!