7.9.06

ADELE FÁTIMA

ESTE TEXTO AGORA PODE SER LIDO AQUI.

5 comentários:

Bruno Ribeiro disse...

Ela foi uma das minhas primeiras punhetas, quando descobri a pornochanchada. Foi, se não me engano, naquele filme inesquecível "História que as nossas babás não contavam", em que ela se abaixava para alisar o "calo" do anão que caiu da escada e deixava entrever aqueles seios pelo vão do generosíssimo decote. Realmente, fantástica. O próprio nome já é uma evocação de prazeres nunca consumados: A-de-le Fá-ti-ma. Estalando a língua ao pronunciar.

Eduardo Goldenberg disse...

Brunão: as afinidades que vamos descobrindo!!!!! Salve a Adele, malandro! E, seguinte... Pra te deixar com água na boca, e se você tiver MSN terei o prazer de lhe passar tudo:

EU TENHO O "HISTÓRIAS QUE AS NOSSAS BABÁS NÃO CONTAVAM" na íntegra, digitalizado!

É isso aí!

Um dia, malandro, tive chance de encontrá-la, num restaurante no Leblon, e disse coisas lindíssimas a ela... Um dia te conto. No Rio-Brasília, de preferência!

Abraço!

Bruno Ribeiro disse...

Opa! Maravilha!

Tenho MSN sim, é brsamba@yahoo.com.br, manda bala.

Estou trabalhando, é mole? Mas aguarde que estou tentando achar uma gravação no meu acervo. Se eu achar vou te mandar um puta presente. Aguarde.

abç!

marcelo disse...

Grande Edu,
essa é muito boa( e muito boa...)
Se me lembro ela fazia o anúncio da Sardinhas 88.
O Pasquim... é outra história.
Ps. Bruno, tens um xará aqui de 5 anos!!
abraços a todos

fraga disse...

adele
Adele
ADele
ADEle
ADELe
ADELE
ADELEADELE!
ADELEADELEADELE!!
ADELEADELEADELEADELE!!!
ADELEADELEADELEADELEADELEADELE!!!!
...
UFA!