25.1.07

MAIS MERDA NA KOMBI DO JOTA

Faz anos hoje meu (mais) velho pai, Isaac Goldenberg. É a ele que rendo as homenagens hoje, de pé no balcão imaginário do Buteco, o que não me impedirá, evidentemente, de logo mais à noite, render-lhe as homenagens pessoalmente, que ele sempre as merece.

Dito isso, em frente.

Quero que vocês acompanhem comigo, detalhadamente, o trigésimo terceiro atentado cometido pelo homúnculo. Dirão vocês - e isso só me ocorreu agora!:

- Mas por que a palavra atentado?

Explico.

Porque o jota atenta contra a inteligência do leitor. Porque o jota atenta contra o bom jornalismo. Porque o jota atenta contra a ética. Porque o jota atenta contra a cidade do Rio de Janeiro. Porque o jota é um terrorista em potencial. Com a arma que tem nas mãos - uma coluna diária no lixo que é O GLOBO - violenta, dia após dia, as mais caras tradições do carioca, e fatura horrores com esse terror. Vejamos se estou errado.

publicado no Segundo Caderno de O GLOBO de 25 de janeiro de 2007

No dia 09 de janeiro, portanto há apenas 16 dias, o empregado d´O GLOBO publicou uma nota, como mostrei aqui, anunciando a inauguração de um restaurante japonês, o Nakombi, do qual Roberto Talma - segundo a mesma nota - é um dos sócios.

E o que escreve hoje, o homúnculo?

Merda, pra variar. Mas sejamos mais precisos...

Faz ostensiva e vergonhosa publicidade nas barbas dos editores do jornal, que não têm - isso é impressionante! - coragem de impedir prática tão nojenta.

Leiam vocês mesmos.

Até de uma marca de chinelos o empregado d´O GLOBO leva algum. Não é possível que não.

Até.

2 comentários:

Anônimo disse...

Salve Isaac! Parabéns!

Anônimo disse...

Du , obrigado pela homenagem mas o " seu velho " pai é o cacete !!! rs..rs..rs..rs.
Zé Sergio , obrigado pelos parabens e que Deus proteja a todos nós !!!