29.10.07

ELES TÊM, SIM, SUA PARCELA DE CULPA

Conforme eu lhes contei aqui, com o texto UM ROTEIRO PREVISÍVEL, sobre as barbaridades que são esses caldeirões do inferno que atendem pelo nome de raves, tenho uma pergunta a fazer, cuja resposta (minha, é evidente!) é SIM.

Têm, ou não, essas bestas que escrevem para os jornais hoje em dia, sua parcela de responsabilidade no fomento do uso de drogas, já que até uma samambaia de xaxim sabe que rave é sinônimo de drogas sintéticas, tráfico de drogas sintéticas, consumo de drogas sintéticas e, vez por outra, morte?????

O GLOBO, cumprindo seu papel de destruir gerações e estuprar nossas mais caras tradições, fez sua parte na sexta-feira, através de um sujeito chamado Ronald Villardo (sem o negrito imerecido) que - pausa para o pigarro, o escarro e o sorriso de satisfação diante da coerência de meu discurso - assina, na mesma revista, a RIOSHOW, uma coluna chamada GAY.

Image Hosted by ImageShack.us

Até.

4 comentários:

wan disse...

Edu, de acordo com a matéria do Jornal O DIA na internet os reponsáveis pelo evento são os donos do devassa do Flamengo e de Ipanema.
É impressionante não?

Abraços


Wan

Bezerra disse...

Ainda bem que eu posso me dar ao privilégio de nunca ter posto meus pés nessas raves. Nunca! (Graças a Deus...)

Anônimo disse...

Alguém aí pode me explicar que porra é essa de "psytrance" e qual a diferença dele pro "trance"(que até hoje tb não entendi o que é)?
Mitke

Eduardo Goldenberg disse...

Mitke: nem tente querer saber, meu caro. Creio eu, imerso na minha suburbana ignorância, que jamais saberíamos do que se trata. Beijo!