21.10.07

O HOMÚNCULO E A FUTILIDADE SEM FIM

Jota e suas asseclas (os quatro juntos são asseclas do jornal O GLOBO), não satisfeitos com a futilidade olímpica a que deram publicidade aqui, quando exaltaram a festa promovidade pela CBF, autêntico nicho de ratazanas obesas que enriquecem ilicitamente com o futebol, para a qual foram convidados apenas os vips, qualificação mais deprimente dentre todas, volta hoje, domingo, a paparicar a canalha com nota intitulada NEGÓCIO QUE VAI NO PULSO VIP.

nota publicada no jornal O GLOBO de 21 de outubro de 2007

A nota, muito elucidativa, comemora o fato de que "o crescimento chegou ao mercado das pulseirinhas vip, aquelas que servem de passe de entrada em eventos e guardam os mais importantes num chiqueirinho" (sobre essa porra de "chiqueirinho", já falou O GLOBO, como demonstrei aqui).

Fica-se sabendo também, com mais essa impressionante contribuição da coluneta mais anti-carioca de que se tem notícia, que para o TIM FESTIVAL, que acontece no próximo fim de semana (e que será, evidentemente, motivo de notas e mais notas imundas no mesmo espaço) estão sendo confeccionadas vinte e duas mil pulseirinhas para os vips e para os vipsvips (pausa para o vômito).

Mas curioso, mesmo, é o fato que nos conta, à certa altura, a nota suja: "além de identificar os vips, as pulseirinhas já serviram para marcar os avestruzes de um fazendeiro. Deu direitinho para encaixar na canela fina dos bichos porque é regulável".

Marca também - me contaram - viado, antílope, galinha, porco, cachorro, cadela... enfim... a festa da bicharada.

Não passarão!

Até.

5 comentários:

Bruno Ribeiro disse...

Pulseirinha vip é crachá de canalha.

Não passarão!

Coelho disse...

Chiqueirinho é um bom lugar para alguns vips. Só tenho dó dos porquinhos.

Anônimo disse...

Fala Edu!

Nunca dei grande importância a coluneta do tal Joaquim Santos, e sempre tive um, ou melhor, dois pés atrás com aquele papelucho de impressão diária que alguns classificam como jornal.

Mas no sábado, resolvi dar um confere e percebi algo: a coluneta é uma franquia da revista Caras, é sim!!! Por isso que o patife defende tanto os bares franqueados.

Veja-se que lá, na coluneta, estão fotos da Xuxa, da Débora "quem dá mais?" Secco, e uma nota (como vc, Edu, deixou passar essa, meu caro?) sobre o briga da Suzana Vieira com a cabeleireira Ruddy. Meu Deus! Até quando?Até quando?

Chega de sem-vergonhice!

Saudações,

Daniel A.

Eugenia disse...

eu também me solidarizo com os porquinhos... não deveriam usar a expressão "chiqueirinho".... porquinhos são seres limpos, simpáticos, honestos...

caíque disse...

parodiando são stanislaw ponte preta, é o FEVIAPÁ (festival de viadagem que assola o país.
caíque