26.11.07

COMO PENSA O COORDENADOR EDITORIAL

Já disse o que tinha de dizer sobre o projeto (pausa para o vômito) AMORES EXPRESSOS. Publiquei AMORES EXPRESSOS: NOJO ANUNCIADO (leia aqui) em 23 de março de 2007, O NOJO ANUNCIADO EM FORMA DE BLOG (leia aqui) em 15 de maio de 2007, O COORDENADOR EDITORIAL (leia aqui) em 24 de maio de 2007, AMORES EXPRESSOS: E ELES SÃO GENIAIS (leia aqui) em 15 de agosto de 2007 e EU SOU UM HUNO (leia aqui) em 31 de agosto de 2007.

Já disse o que tinha de dizer mas preciso, diante da leitura deste trecho, pinçado do blog mantido n´O GLOBO ON LINE pelo coordenador editorial do malfadado projeto, que é intensamente bonito perceber a força e a integridade da coerência do que nos move.

É impressionante o descompromisso com o Brasil do coordenador editorial do projeto beneficiado com dinheiro advindo das benesses de uma lei brasileira. Um nojo, em resumo.

E uma perguntinha, antes de terminar: quereria, o coordenador editorial, quando refere-se a "barzinhos literários", mencinonar a Mercearia São Pedro, em São Paulo?

Até.

4 comentários:

Bruno Ribeiro disse...

A diferença da nossa elite e seus bufões, para a elite dos outros, é que a nossa é fundamentalmente entreguista, vendilhona e inculta. No fundo, mano, a negação do Brasil é reflexo do nojo que ela sente pelo povo e do desejo incubado de dar a bunda em Miami.

Leo Boechat disse...

QUE NOOOJO!! Cadê o Mainardi? É do mesmo planeta.

Eugenia disse...

Boechat, eu tbm pensei no Mainardi na mesma hora!

Betinha disse...

O cara diz amar e odiar o Brasil nas mesmas proporções que a si mesmo. Como ele é condescendente consigo mesmo...