18.11.07

SEM COMENTÁRIOS

publicado no Jornal do Brasil de 18 de novembro de 2007
Aliás, um único comentário; ou melhor, uma única pergunta: quem é mais podre? A jornalista (pausa para o vômito) que a(ssa)ssina a coluna ou a cidadã (pausa para o vômito) que faz pose para a fotografia?

Se não der pra ler a bosta toda com clareza, clique na fotografia. Bom domingo a todos.

Até.

17 comentários:

Roberto Fraga Jr disse...

Pois é mano Edu. Como diria o Eduardo Dusek.. "Troque o seu cachorro por uma criança pobre.." O número de "petshops" aumenta na mesma proporção da miséria. Um triste contraste.

caíque disse...

como diria o grande jaguar, "blearrrrrrrgh!"

Hans disse...

O que engorda é essa dieta de Jabá! Cada negrito é um jabá...

Bruno Ribeiro disse...

A "colunista" é mais vendida. Pode ser que ache também este assunto uma grande babaquice, mas escreve por dinheiro ou para agradar o público "consumidor" deste nojo. Ela joga, provavelmente, no time do famoso "pagou, saiu", prática muito comum nas colunas sociais de toda a imprensa nativa. São tipos como ela que envergonham a nossa profissão já tão desacreditada.

Mas, mano, na minha opinião, a biscate que empurra o carrinho rosa é ainda mais podre. Quer coisa mais abjeta que isso? Eu não conseguiria desejar bom dia para uma mulher dessas.

A Barra se parece muito com o Cambuí campineiro. Ou vice-versa.

Em tempo: voltei com o blog.

Bruno Ribeiro disse...

Opa! Errata:

onde escrevi "Barra", leia-se "Leblon". O que, no fundo, dá quase na mesma.

Bjo

gigi disse...

que escroto! onde vc acha essas coisas? que mulher ridícula.

Ione disse...

E a coisa não para por aí, Edu. Aqui em Brasília, por exemplo, tem plano de saúde para cachorro, com direito a UTI móvel e tudo o mais...
Isto sem mencionar uma 'pet joalheria' que conheci no Iguatemi de São Paulo, com coleiras e medalhinhas desenhadas pelos mais renomados joalheiros do país. É ou não o fim do mundo???

Eduardo Goldenberg disse...

Fraga Jr.: o contraste sempre houve e sempre vai haver. Triste, nojento, revoltante, é ver uma canalha publicar isso no jornal, que a ela se iguala permitindo isso.

Brunão: já tinha notado sua volta, mano!

Gigi: na podre coluna da Hildegard Angel... Um nojo, um nojo, um completo e íntegro nojo do princípio ao fim.

Ione: não sei se é exatamente o fim do mundo, mas é apenas mais uma evidência do fim, da falência, do extermínio da civilização ocidental.

Betinha disse...

Não acho absurdo plano de saúde para animais. Quem tem animal de estimação sabe como é duro vê-lo sofrer e como tratamento veterinário pode ser caro. Fim do mundo é jogar o bichinho na rua quando ele está doente e não tem mais forças para vir abanando o rabo para seu dono escroto.
As jóias são outra história... Babaquice total.

4rthur disse...

O que será que as "leitoras" da abjeta coluna ficaram com mais vontade de fazer?

a) se matricular na Pró-Forma para ganhar o corpinho seis quilos mais magro da patricinha clicada?

ou

b) dar um "pulinho" em New York, New York e adquirir esse mimo para suas imponentes bolinhas de pêlo?

Não tem outro adjetivo mesmo, Edu. É um NOJO.

Rodrigo disse...

Edu, a burguesia é fede. E ai não vai comentar sobre a sua ida ao parque antártica? Sua vinda ao minha querida terra da garoa e do trânsito.

abraço

Rodrigo Medina.

Patrícia Moreira disse...

Edu,
Depois de séculos de ausência nos comentários do buteco, somente nos comentários, pois, a leitura é quase que diária, voltei!
Explico a ausência: bloqueio do computador pela empresa, posso ler, mas não comentar. Em casa, quase não uso computador!
Explico o retorno: estou de licença maternidade, meu filho (Ígor) nasceu em outubro e agora acesso de casa!
Bem, voltamos ao que interessa! Este tipo de frescura "carrinho pink" é abominável. Com tantas crianças por aí querendo um carrinho de plástico para brincar! Sem comentários sobre a "socialite" e menos ainda sobre a jornalista!
Realmente é a falência dos valores morais! O que me assusta é a veiculação de forma a parecer coisa normal, bem, deve ser lá pelas bandas do Leblon!
Abraços,
Pat Moreira

Diniz disse...

A colunista é podre...
A "cidadã" é mais podre ainda, e burra pq ao dizer que perdeu 6 quilos e que ainda quer perder mais para o carnaval a figura assume publicamente num jornal de grande circulação que é gorda, coisa que pra ela deve ser terrível ...

Bando de Imbecis, a vendida da "jornalista" e a, não consigo nem pensar nem num nome pra essa, da dona da cadelinha!
Detestável

Craudio disse...

Minha reação a essas coisas é igual a minha reação com os comentários do Clodovil de saia na novela das oito (a que é "dona de universidade").

Gostaria de ter a oportunidade de passar por uma moça dessa e gritar um sonoro "vaca" na orelha da mesma.

Abraços!

zé sergio disse...

Eu, meu trio de rotweillers e minha dupla de "labralatas" concordamos ipsis letteris com a Betinha.

Casé disse...

Podre !!! Como um jornal pode publicar uma merda dessas?

Claire disse...

É difícil escolher quem é mais ridícula, mas eu voto na "jornalista". No mais, só me resta dizer que (de maneira geral)

EU NÃO TENHO O MENOR RESPEITO PELA IMPRENSA BRASILEIRA.

Clara.