1.2.08

PROGRAMAÇOS OFF CARNAVAL

Meu irmão Luiz Antonio Simas, que acorda diariamente e vai regar seu pequeno jardim de preconceitos (passei a imitá-lo depois que soube de seu saudável hábito, como ele contou aqui), listou, recentemente, em seu fundamental HISTÓRIAS DO BRASIL, dez programas "off carnaval" (é evidente que a expressão é mais uma criação da Agência Globo de Jornalistas Idiotas) pra quem não gosta da missa campal do povo brasileiro, apud Aldir Blanc.

A leitura do texto PARA QUEM NÃO É DA FOLIA é de fazer chorar de rir. Colaboro, humílimo, com uma décima-primeira opção. Clicando na imagem abaixo, matéria publicada na revista RIOSHOW, de O GLOBO, que dá essa inacreditável dica para a Segunda-Feira de Carnaval (leiam, leiam, leiam e vejam que troço odioso), você vai parar direto no blog do Simas. E chorar de rir.

publicado na revista RIO SHOW, de O GLOBO, em primeiro de fevereiro de 2008

Até.

Um comentário:

4rthur disse...

o balcão vazio exprime a importância desta notícia pros leitores do Buteco. Mas vou quebrar o gelo e jogar uma lenhazinha na fogueira.

A festa voltada para garotos sarados que gostam de garotos sarados tem roda gigante da skol, com capacidade pra 6 pessoas por cabine.

Minha pergunta é: será que existe alguma chance de rolar uma homo-suruba anabolizada ao som de house music nas alturas?

por mim, queria que todos os sarados, tanto os gays quanto os heteros, estivessem nessa festa, e que por lá ficassem até a quarta de cinzas. Meu carnaval sem a presença deles seria muito mais divertido.