10.12.08

RISOTTO DE SHITAKE, A RECEITA

ESTA RECEITA AGORA PODE SER LIDA AQUI.

14 comentários:

Luiz Antonio Simas disse...

"Não nos aborreceu, em absoluto.Alvo de muito preconceito (por ser um vinho nacional e bastante barato), apresentou-se evidentemente sem a complexidade que têm os grande vinhos, mas com bastante dignidade."

Cáspite! Eduzinho, meu mano,não fode. Sai desse corpo, Renato Machado.

Beijo

Caio Vinícius disse...

Edu,

Hoje mesmo vou comprar esses ingredientes em segredo para preparar o prato para minha esposa.Ela é vegetariana(chato isso, mas ela é o meu amor, fazer o que?) e há tempos aguardava uma receita que eu pudesse fazer pra ela.Achei.

Abraço,

Caio

Eduardo Goldenberg disse...

Porra, Luiz Antonio... Renato Machado?! Francamente...

Vou tentar explicar a você, autor e principal usuário (evidentemente) do Código Simas de Posturas, o que se passou.

- Tem vinho?

Mamãe pôs as mãos na cabeça:

- Não! Nenhum...

Papai tirando o corpo fora:

- Eu não vou comprar...

Eu estava cozinhando e mamãe disse:

- Pede na delicatessen do Largo da Usina.

Papai:

- Que delicatessen, meu Deus?! Só há uma padaria ali.

- Serve.

Diante da única opção, mamãe disse, desolada:

- Vai nos aborrecer... Não fará jus ao prato...

E o Merlot, querido, mostrou-se digno.

Assim como, dia desses, servi a você umas doses de uísque no bar de casa (que você tentou recusar mas bem que repetiu!), prometo convidá-lo para um risotto acompanhado (ou escoltado, como diria o supra citado) por um Almadém e depois por um superior para que façamos (eu tenho as fichas, eu tenho as fichas!) uma degustação a rigor.

Beijo.

Eduardo Goldenberg disse...

Caio: boa sorte, depois me conte como ficou. Sendo ela vegetariana, não se esqueça de substituir o caldo de carne por um caldo de legumes (e procure uma receita de algum, se você puder, evitando os venenos que atendem pelo nome Knorr, Maggi e congêneres - use-os em último caso, e raramente!). Forte abraço!

pratinha disse...

Isso com uma manteiguinha de garrafa fica uma delícia!!!!

Mariane disse...

O próximo prato que eu e Bruno faremos, juntamente com o camarão no azeite. E terá muitas fotos, e muito vinho, já que agora possuímos uma super câmera! Beijos.

Eduardo Goldenberg disse...

Trinta Pratas: é impressionante seu gosto apurado. Da política à gastronomia. Impressionante.

Mariane: seja bem chegada, querida. Sei que você chegou antes, mas naquele momento o troço era pessoal demais... se é que você me entende... e não cabia comentário algum!

Quando você fizer esta receita, então, me conte como foi. Com fotos e com palavras. Combinado?

Beijo grande.

Vanessa Dantas disse...

Le Creuset. Presentaço!

Andre Luiz Polo disse...

Foi a melhor explicação que tive sobre o preparo do risoto.

Patricia disse...

Estava procurando uma receita com shitake.. ADOREI a receita ainda mais que contém parmigiano reggiano.. um dos meus queijos favoritos!! Vou fazer hoje mesmo!!!!

Obrigada pela receita Edu!!

Eduardo Goldenberg disse...

Andre Luiz: obrigadíssimo!

Patricia: passe aqui depois pra contar como foi! Seja bem chegada, um beijo.

bcmfreitas disse...

Edu, conheci seu blog ontem, e como bom tijucano, não de nasceça, mas de coração, gostei muito e já está na minha lista de favoritos.

Vi essa receita e com certeza será feita em casa, mas me esclareça uma coisa: caldo de carne, 1,5 L. É o caldo de carne em cubinho mesmo? quantos cubinhos para 1,5L? Sou cozinheiro iniciante... por isso a pergunta.

Abração
Bruno

Eduardo Goldenberg disse...

Bruno: na falta do clássico caldo de carne, caseiro (é trabalhoso mas infinitamente melhor...), use mesmo o de cubinhos. Para 1,5l eu costumo usar 4 cubinhos. Um abração, boa sorte, volte pra contar! E seja bem chegado.

blog da Lê disse...

Procurando por uma boa receita - me livrei do champignon e comprei shitake hj pela primeira vez - me deparei com esta postagem... vou testar amanhã, mas não poderia deixar de rir do primeiro comentário feito: sai desse corpo Renato Machado foi muito muito bom!!