6.1.09

PERU ASSADO, A RECEITA

ESTA RECEITA AGORA PODE SER LIDA AQUI.

12 comentários:

Guido Cavalcante disse...

Eduardo, de uma maneira geral não gosto muito dos acepipes natalinos, porém devo concordar que essa receita deve dar um resultado extraordinário. Aliás, cozinhar, como você enfatiza, é ainda uma das melhores coisas pra fazer na vida. Concordo quando vc sublinha o clima que se instaura, mormente se estamos com uma boa garrafa pra ir compartindo. Beber enquanto se vai cozinhando um prato é o máximo - creio mesmo que a cozinha é talvez um dos últimos baluartes de civilidade que ainda podemos desfrutar. Bem, gostaria de dar uma pequna contribuição, com esse facílimo pernil assado:

Um pernil préviamente desossado(mais fácil pra manipular na mesa)
Cubra com os temperos habituais (alho; cebola; salsinha; azeite...) e deixe na geladeira da noite para o dia.

Manhã seguinte, retire todos os temperos que cobrem o pernil.
Depois cubra completamente a peça com mostarda amarela - geralmente uso dois tubos.
Cubra bem e leve ao forno médio/baixo, deixando cozer/assar por 4 horas. A película de mostarda impede que a carne fique ressecada.

É só.
Garanto que fica estupendo.

Essa receita não é minha invenção - descobri na desaparecida revista Gourmet, que foi talvez uma das publicações pioneiras no gênero no Brasil

Eduardo Goldenberg disse...

Obrigado, Guido, pela receita de pernil. Um forte abraço.

Giovanni Gouveia disse...

Pronto, já tenho as receitas do peru de natal e do pernil do reveillon, só falta escolher os vinhos, e comprar o suco de malte...


P.S> Eu sempre coloquei cachaça nas aves, apesar de fazê-lo chorando pelo desperdício, a marvada amacia e dá um bom paladar :D

RAFAEL disse...

Prezado Eduardo

Gostaria de saber se tal receita se aplica a Ave Festa da Sadia, e quais consideraçoes quanto ao preparo da mesma?

Abraço
Rafael

Eduardo Goldenberg disse...

Rafael: só peru!

RAFAEL disse...

Eduardo,

Então como eu devo fazer com que esta ave se torne a atração do próximo domingo? Me dá uma força aí, pô!!!!

Abraços e parabéns pelo seu blog, suas receitas são simplesmente as melhores!
Rafael

Eduardo Goldenberg disse...

Rafael: não me queira mal por isso, mas eu abomino isso. Que ave?! Isso é - me perdoe - um lixo vendido pelos abatedouros... Onde já se viu comer uma "ave"?! Eu como galinha, eu como peru, eu como faisão, eu como pato... "ave"?! Sinceramente, não sei lhe ajudar quanto a isso. Vá por mim. Jogue esse troço fora e compre um peru! Um abraço.

Jakeline disse...

Meu marido comprou um peru e nao me dei conta de que nao vem temperado...
So com esses codimentos o peru vai ficar bom?o eu tenho que por algo mais?
obrigado

Eduardo Goldenberg disse...

Jakeline: vá fundo. Siga à risca. E aproveite!

Regina disse...

Oi,
gostaria de tirar uma duvida: o molho de tomate que voce usa nesta receita 'e molho pronto, enlatado??
E a injecao de vinho 'e na carne do peru, ne?

Eduardo Goldenberg disse...

Regina: sim, pras duas perguntas!

S M A T E RH disse...

gente quero esclarecer que frango, peru, chester , faisao sao todos aves , e o fiesta como os demais sao galinaceos, a diferença do chester , brisker e do fiesta e o tipo de ração e o tempo de alojamento para o abate.

sou tecnico em agropecuaria.