19.8.09

O PSOL E O MUNDO

O PSOL, que não reúne mais do que meia dúzia de gatos pingados no Buraco do Lume às sextas-feiras, que não consegue, por isso mesmo, decidir o destino da esquerda no Largo da Carioca (se seguem pela contramão ou não da avenida Rio Branco), dá, com a realização do Seminário Internacional cujo cartaz está abaixo, prova de sua megalomania histérica.

Querem, os partidários do PSOL, decidir o destino das esquerdas no mundo.

Até.

ps: marchará o PSOL, durante o seminário, mais uma vez pela maconha?

6 comentários:

fraga disse...

Leporídeos do mundo, uni-vos!

Não seria razoável supor que o almofadinha e seu cupincha integrariam a contento os quadros do PSOL?

Saravá!

Eduardo Goldenberg disse...

Fraga: o alcaide, no PSOL, não seria quadro. Seria moldura. Abraço.

fraga disse...

E o cupincha, tela?

Saravá!

Eduardo Goldenberg disse...

Não, Fraga. Mantendo a coerência da piada, ele seria o cavalete a sustentar a moldura e a tela (que é, é a piada!, é a piada!, o papel dos cupinchas - sustentar, manter de pé, exibir...).

Abraço.

Rodrigo Pian disse...

Poxa!

Eu já tinha lido o post mas só agora fui ler os comentários!

Vocês são demais! Conseguem implicar comigo até quando zombam do PSOL! E você ainda me acusa de ser sem charme e carisma, hein, Fraga?!?

(...)

Mas é isso mesmo, Goldenberg.

O cupincha tem realmente essa função de cavalete. De verdade, fiquei até lisonjeado por ter me classificado como uma "sustentação".

Ainda que seja sustentando algo que vocês, apressadamente, desprezam.

Abraços!

fraga disse...

Ontem o PSOL não tinha, realmente, meia dúzia de gatos pingados, mas 'cinco', o Renato, histérico, na esquina da São José com a Rio Branco.

Saravá!