7.10.09

A RESPOSTA DE BILÉO SOARES

Conforme lhes contei ontem, quando escrevi BAR DO MARRECO (aqui), diante da absurda frase atribuída ao vereador Biléo Soares, do PSDB de Campinas - "o bar é a sala de estar dos bandidos" - mandei um e-mail para o legislador campineiro. Lá, no mesmo texto, fiz a promessa: se ele responder, aviso a vocês.

Eis que ele hoje me respondeu. E publico, preciso do início ao fim que sou, na íntegra.

"Prezado Eduardo: minha resposta à sua mais que pertinente pergunta é "sim" e "não". E não se trata aqui de uma tentativa de me esquivar de qualquer responsabilidade pelo que digo em público. Sim, eu disse, mas não era a exposição de um conceito genérico, ou seja, eu não estava me referindo a todos os bares de Campinas. A frase foi dita durante uma reunião de uma comissão que analisava os problemas da violência em Campinas. O assunto eram os bares localizados geralmente na periferia da cidade que funcionam sem qualquer documentação, geralmente dentro ou perto de favelas, de invasões, ou seja, bares ilegais, irregulares que têm, em sua freguesia, elementos suspeitos ou mesmo bandidos que fazem do local um ponto de encontro para futuros assaltos ou outros atos ileais e violentos contra a população. Dentro desse contexto, em meio à discussão, eu realmente disse que o bar é a sala de estar dos bandidos, evidentemente me referindo especificamente a esses bares cuja existência estávamos discutindo. A frase, tal qual saiu na coluna Xeque-Mate, sozinha, sem qualquer referência ao seu contexto, acabou generalizando uma opinião que, obviamente, eu jamais seria capaz de dar. Não só frequentei muitos bares, como pretendo voltar a frequentá-los quando o tratamento a que venho me submetendo me liberar para um papo com amigos em torno de uma cervejinha. Eu conversei depois com a atual responsável pela coluna, a jornalista Rose Guglielminetti, mas pelo que ela publicou no dia seguinte, as minhas explicações, embora óbvias, não a convenceram a consertar o erro cometido. Repito: disse a frase dentro um contexto que, se publicado também, daria a ela seu sentido verdadeiro. Que jamais poderia ser de acusação a todos os bares da cidade, de maneira genérica. Não é isso que penso e quem me conhece sabe do meu apreço por muitos bares de Campinas, onde tenho e pretendo continuar tendo muitos amigos. Atenciosamente, Biléo Soares - Vereador - PSDB"

Muito simpático da parte do vereador, diga-se. Já mandei "n" e-mails, por exemplo, para o leporídeo verador do PSOL, senhor Eliomar Coelho, e jamais recebi uma mísera resposta. Pigarreio e sigo.

O que tenho a dizer, sobre a resposta de Biléo Soares, é simples.

Quando ele disse que se referia a "bares (...) que têm, em sua freguesia, elementos suspeitos ou mesmo bandidos que fazem do local um ponto de encontro para futuros assaltos ou outros atos ileais e violentos contra a população", lembrei-me imediatamente dos restaurantes de Brasília, ponto de encontro de políticos inescrupulosos que, longe da periferia e da favela, assaltam a nação brasileira (digo Brasília mas posso dizer, sem medo do erro, o nome de qualquer uma das cidades brasileiras, e suas assembléias legislativas, suas câmaras de vereadores, seus tribunais de conta etc).

Não concordo com Biléo Soares e não concordo com a adoção de medidas visando o fechamento dos bares em horários determinados pela municipalidade.

Mas louvo, daqui, sua iniciativa. Responder à minha simples pergunta foi, a seu modo, um gesto de coragem, respeito e consideração que andam rareando.

Até.

7 comentários:

Felipe Millem disse...

Este é ponto Edu!
Independentemente de se concordar ou não com o posicionamento explanado pelo Sr. Biléo, o fato é que ele se prontificou a responder uma indagação, na posição de vereador, feita por um cidadão, diga-se de passagem, não morador da cidade em que ele atua.
Se outros políticos, ou pelo menos, suas dispendiosas assessorias de imprensa, se dispusessem a dar um mínimo de atenção aos cidadãos que buscam explicações pelas suas atuações, nossa democracia iria amadurecer em muito.
Um fraterno abraço!

Eduardo Goldenberg disse...

Pois é, Felipe: imagine você que o leporídeo vereador carioca NUNCA - com a ênfase szegeriana - respondeu a um e-mail meu. Postura, no mínimo, desatenciosa. Ou arrogante. É o PSOL. Um abraço.

Mariane disse...

Eu também não concordo! Porque os bares são na periferia e são irregulares é porque lá é antro de badido que maquinam crimes? E os bares dos lugares "bacanas" não tem nenhum problema? Afffff...
Vai entender essa lógica, coisa da política que não nos acrescenta nada!
Beijos.

CRAQUE DA GEMA!!! disse...

Gostei também da atitude do tucano campineiro.

Marcelo disse...

Pouco conheço o vereador Biléo Soares, mas gostei da resposta. Concordo com o fechamento de bares irregulares.
Aqui perto do meu consultório existe um boteco são bento que pelo que parece apresentou problemas de alvará. Abriu assim mesmo.
Não sei se todos os bares aqui do Cambuí estão com as licenças em ordem. A fiscalização poderia começar por eles.
Grande abraço
Coelho

leo boechat disse...

Você tem razão. Imagina se resolvessem fechar os restaurantes de luxo onde os maiores bandidos do país tramam os maiores "atos ileais contra a população"…

Rodrigo Nonno disse...

Quando tudo parece estar perdido ...

Também gostei do Sr. Biléo perceber a necessidade da resposta.

Se eu não fosse tão aficionado pelas doces espeluncas, talvez, isso até me levaria a tentar uma avaliação mais aprofundada sobre os argumentos deste político, só por causa de sua pronta resposta.

Continuo não concordando, mas venho reiterar que também tenho como benéfica a atitude do vereador, em responder ao BUTECO.

Inté.