10.12.09

PEDINDO LICENÇA E COM RESPEITO

11 comentários:

Claudio Renato disse...

Beleza! A melhor coisa do Buteco de hoje!

Isaac disse...

Salve...Salve....agradeça muito e sempre !!!

Szegeri disse...

Ora yèyé o! Ó fi de ri omon!

Claire disse...

“Yá Lodê, Olô Mi Mã, Olô Mi Má Yó
Yá Lodê,Yá Lodê Yá...

Mamãe Oxum
Pode acontecer pra qualquer um...
A cabeça tonta, a sedução...
E não dou conta nunca mais do coração...
Meu coração...”
Mamãe Oxum - Maria Bethânia)

Lindo, Edu! Já gosto desse ponto!
O maior orgulho de minha vida é ser filha de Oxum com Yemanjá, duas grandes mães. Mães da beleza da vida, da doçura, da benevolência, da candura, da dignidade...

E que elas joguem muita água, mas MUITA água na sua cabeça, na sua casa...

Adúpè mo júbà Osún Yá Mi.

Asé O.

Maria Clara Dultra. (sua leitora de São Salvador da Bahia!)

Diego Moreira disse...

Yèyé o!

Mariane disse...

Lindo!

Anezio Caetano disse...

Fiquei encantado com o canto e com as palavras da baiana Claire.
Abraços!

Luiz Antonio Simas disse...

Axé!! Que beleza. Muita água na sua cabeça, como disse a Claire, mas que não seja da moringa de Oxum Àpara, a mais jovem de todas, que tem um gênio do cão, dança no xirê como o nosso pai e saiu pelo mundo, de porta em porta, perguntando: Alguém quer brigar?
Aí fudeu...
beijo, meu irmão.

Claire disse...

hahaha! Dona Apará (ou Opará, como muitos a chamam)é danada, mesmo! Essa qualidade de Oxum tem enredo com Yansã, dizem os mais velhos. (É isso mesmo professor Simas???)Bem, em todo caso, explicaria o "destempero"! rs
(Com todo respeito, mainha Yansã!)

Abraços,
Maria Clara.

Luiz Antonio Simas disse...

Isso! Enredo com Oyá e com Ogum: dos brabos! Dança, inclusive, com a espada.

Abraços

Claire disse...

Edu, professor Simas, Bruno (meu preto)!

vejam só que beleza o vídeoclipe da música “Abre Caminho”, de Mariene de Castro: http://www.youtube.com/watch?v=YGpodXmqpSc.

Tenho dito, acho que Mariene, minha irmãzinha de Oxum, do Axé Gantois, vem representando lindamente a Bahia, o Brasil...

Observem que o vídeo, cuja produção foi muito barata - eu li em algum lugar - contempla as tradições mais caras, os elementos simbólicos mais importantes da cultura popular, da baianidade: a música, as danças, a religiosidade, os capoeiristas, as baianas, os pescadores, os orixás, as festas (Lavagem do Bonfim e Festa de Yemanjá), o nosso povo simples, negro mestiço, o terreiro do Gantois, o mar da Bahia...

Achei mais especial ainda a participação das crianças com roupas de santo no Gantois, simbolizando Ibejí (São Cosme e Damião).

Sem contar que Mariene é tão bonita que parece que saiu de uma música de Caymmi, de um livro de Jorge Amado ou de uma pintura de Carybé...

Abraços,
Maria Clara.

P.S.: É por amar tanto e sentir tanto orgulho da minha terra que me revolto quando vejo a imbecil da Cláudia Leite, por exemplo, subir num palco pra representar a Bahia e cantar: “Eu quero mais é beijar na boca, eu quero mais é beijar na boca e ser feliz daqui pra frente!!!!” - com um figurino que homenageia Michael Jackson, ainda por cima. Enfim...