25.1.10

MARVADA PINGA

Um de meus poucos mas fiéis leitores, o Reynaldo Carvalho, a quem não conheço pessoalmente, transcreveu, aqui, a letra de MARVADA PINGA, tremendo sucesso na voz de Inezita Barroso. Sonia Rebelo, querida minha, moradora de São Pedro d´Aldeia (e para minha surpresa também leitora do BUTECO!), mandou, dias depois, no FACEBOOK. vejam aqui, o seguinte: "Seu amigo Reynaldo Carvalho escreveu a letra de uma música de Inezita barroso que eu ouvia nas rádios de São Paulo há mais de 50 anos. Adorei ver que alguém ainda se lembra dela.". São as teias da grande rede, juntando gente e ajudando a dividir emoções, troço fundamental pra que sigamos em frente, mais inteiros e mais felizes.

Hoje, em homenagem a meu velho e amado pai, que faz anos, e também em homenagem ao Reynaldo e à Sônia (dê um abraço no Arnaldo, querida!), MARVADA PINGA, com Inezita Barroso!!!

Até.

9 comentários:

Isaac disse...

Du , obrigado pela lembrança e pela bela homenagem.... Inezita é uma das ultimas da verdadeira " raiz sertaneja " , assim como Pena Branca e Xavantinho e outros poucos .bjs

Arthur Tirone disse...

Inezita Barroso é da BARRA FUNDA!

Eduardo Goldenberg disse...

Papai: como "lembrança", meu velho?! Sou - você sabe disso - um homem que leva homenagens ao pai as 24h do dia, os 365 dias do ano. Te amo, parabéns!

Favela: que lindo, mano! É verdade! "Ignez Magdalena Aranha de Lima, seu nome de batismo, nasceu no bairro da Barra Funda, em São Paulo. Filha de família tradicional paulistana, Inezita tem um coração caipira, recheado de amor pelas tradições populares.". Beijo, e salve a Barra Funda!

Isaac disse...

Prezado e estimado Favela....o " curintians " também é de Barra Funda ??rsrsrs...abs........

Reynaldo Carvalho disse...

Prezado Eduardo, nós não nos conhecemos, ainda, pois eu moro em Brasília (a real) desde 1974. Mas minha família e meu coração são tijucanos, desde eras remotas. Nessa homenagem que você está fazendo para algumas ruas tijucanas, retorno à minha infância e antes, até. Meus pais conheceram-se, crianças ainda, na década de 30, quando ele morava num casarão, hoje inexistente, da Haddock Lobo e ela em um apartamento da Tenente Vilas Bôas. Agradeço à Sônia, abraços e parabéns ao seu pai.

NADJA GROSSO disse...

EDU
Forte abraço em seu pai pelo dia de hoje, um beijo carinhoso, paz, saúde, amor. Linda, maravilhosa a homenagem sua para ele, Inezita Barroso ninguem de minha epoca consegue esquecer.

Arthur Tirone disse...

Grande Isaac: o Corinthians é do Bom Retiro de baixo, colado à Barra Funda. Bateu na trave!

Quando vieres a São Paulo, te levo lá onde o Coringão nasceu. Tem um bar ali na esquina que é de amigos meus.

Abração!

PS: E beberemos também na Av. Rio Branco. Mas já vou avisando que ela está bem diferente, viu? Decadente que só...

Isaac disse...

Grande Favela, não tenha dúvida que indo a SP procurarei voce, Szegeri , Bruno e outros para bebermos algumas ; estou querendo ir a SP , levando minha mulher para conhecermos o Ó do Borogodó , o Museu da Palavra e a sala São Paulo e com toda certeza nessa agenda vou abrir um espaço para bebermos " quase todas ".Abs...eu !!

Isaac disse...

Prezados Reynaldo e Nadja obrigado pelo abraço pelos meus 48 anos..............rsrsrs... Isaac