9.2.10

POBRE ADALGISA

Está aqui a triste notícia.

Adalgisa, aquela que mandava dizer que a Bahia tá viva ainda lá, que a Bahia tá viva ainda lá, que a Bahia tá viva ainda lá, com a graça de Deus, ´inda lá, que a Bahia tá viva ainda lá, que a Bahia tá viva ainda lá, que a Bahia tá viva ainda lá, deve estar arrasada, no Orum, ao lado do velho obá, Dorival Caymmi.

Diz a nota que:

"Já se sabe qual será o hit do carnaval da Bahia este ano: a música "Rebolation". Ela já está tocando nas praias de Salvador desde o início do verão. É um axé cantado e tocado grupo Parangolé, comandado pelo cantor Léo Santana, autor da novidade com a ajuda do parceiro Nenel. Mistura batidas eletrônicas e foi inspirada no som que toca em festas raves. É uma dança que os frequentadores das raves fazem com os pés. A dança virou sucesso no Youtube e Santana decidiu que ia levar e os movimentos para o estilo baiano. Ficou mais suave e agradou o público. A aposta deu certo. Ele acreditava que se a música interessasse tanto quanto interessou aos internautas no Youtube era sucesso na certa. Santana agora se apresenta com uma trupe de 40 dançarinas no palco e leva a platéia a se mexer no ritmo do Rebolation. No último Festival de Verão Salvador o rebolation roubou a cena. Para dançar é preciso mexer os braços rente à cabeça e, claro, rebolar. O Rebolation já foi cantado por Daniela Mercury durante os ensaios de carnaval, por Ivete Sangalo, em seus shows, e até por Cláudia Leitte, que terminou a apresentação no Festival de Verão dançando a novidade no palco. O Parangolé tem 12 anos de estrada, mas a entrada do vocalista Léo Santana só aconteceu há três. Neste Carnaval, o Parangolé vai desfilar quatro dias: sábado (13) e terça (16), no circuito Barra-Ondina, e no domingo (14) e na segunda (15), no Campo Grande. O Parangolé tem nove músicos e três bailarinas. Depois de fazer os baianos dançarem o Reboltaion, será a vez dos europeus caíram no ritmo. O Parangolé fará dois shows na Itália e um na Suíça."

Taí uma boa maneira de reconhecer um otário: o pobre-diabo que vai pra Salvador no Carnaval, deixando de lado o BOLA PRETA, preta!, meu segundo lar, onde é bom demais se acabar.

Até.

11 comentários:

Claudio Renato disse...

Frequento Salvador desde os 18 anos. Minha namoradinha é salvadorenha. Mas jamais, em tempo algum, deixaria de passar o carnaval do Rio - principalmente, o extraordinário Bola Preta - para chacoalhar atrás dos trios soteropolitanos, principalmente estes de hoje. Mas, falar mal da Bahia, não consigo. Não tem jeito. É quase um amor incondicional. É como diz aquele velho compositor baiano: a Bahia tem um jeito...

Eduardo Goldenberg disse...

Falei mal da Bahia, não, meu rei. Mas do carnaval baiano, que é um lixo abjeto, agudamente oposto às melhores tradições daquela terra sagrada. Abração.

Claudio Renato disse...

Sei, Edu. É que fico me policiando para não falar mal da Bahia. Afinal, sou um místico e um mistificador (segundo os meus poucos mas fiéis inimigos)

Oxe!!!

Vanessa Dantas disse...

Sou apaixonada pela Bahia, assim como sou pelo Rio. Moraria no Rio, não moraria na Bahia. Mas vou a Bahia no mínimo uma vez por ano. E se não fosse a distância, certamente iria mais. E JURO, consigo ir pra lá sem ouvir essa porcaiada toda.

Beijo, meu rei!

Claire disse...

Edu,

entendi o que vc disse, é claro, e concordo com vc. Mas, se Deus quiser, vc vai vir passar o Carnaval na Bahia, já no próximo ano, e eu vou lhe levar pra ver a passagem do Cortejo Afro, do Ilê Ayê - "o mais belo dos belos" - dos Filhos de Gandhy, do trio de Moraes Moreira...

Um beijo!

Maria Clara.

Eduardo Goldenberg disse...

Maria Clara: agradeço profundamente o convite, mas Carnaval fora do Rio é algo que, definitivamente, não está nos meus planos... Beijo.

Claire disse...

rs Eu SABIA que vc ia dizer isso...
Outro.

Eduardo Carvalho disse...

Concordo contigo, Edu, e com o Cláudio.

Ou seja: também amo a Bahia, mas jamais penso em ir ao carnaval de lá, até porque esse carnaval, do jeito que se desenhou nos últimos 10 ou 15 anos, não tem nada a ver com a verdadeira felicidade que é a Bahia e o seu POVO.

Grande abraço!!!

CRAQUE DA GEMA!!! disse...

Será ao som de REBOLATION que LOCO ABREU garantirá nosso triunfo diante dos molambos na quarta-feira de cinzas.

O Maracanã se renderá ao Rebolation.

Pode escrever!

Um abraço,

R.Pian

Reynaldo Carvalho disse...

Sou MENGÃO rumo ao TETRA e dou o empate. Vale o livro do Simas? Mesmo sendo o jogo na 4a de Cinzas, uma temeridade quando se tem Adriano, Love, etc, o Mengão sobra na turma. Quanto ao carnaval baiano, que bom que vários turistas o prefiram. Assim, os que possuem bom gosto e ficam no Rio, não são tão incomodados. Abraços.

ricardo disse...

.....e a Preta Gil que colocou cordas e correntinha no pulso dos integrantes 'especiais' do seu bloco!!!!
Ano que vem tem abadá!!!!