5.4.10

MAUÁ TEM DESSAS COISAS

Agradeço profundamente pela dezena de e-mails que recebi hoje enviada por gente que me lê, preocupada com meu aparente sumiço (nem tanto assim...). Ocorre que ainda estou, confesso, no ritmo de Visconde de Mauá, para onde fugi, feliz da vida, no meio do feriado que passou. Amanhã, assim espero, retomo os trabalhos aqui no balcão.

Visconde de Mauá, Estado do Rio de Janeiro, 1.400m de altitude, 02 de abril de 2010

Até.

3 comentários:

M.M. disse...

Isso aí, vá pra Mauá, mas não abandone o buteco !

Guto de Oliveira disse...

bacana o seu buteco edu ... belos textos ... não abandone esta obra de arte ;) ... um abraço

Alfredo disse...

Salve Edu,
Conheci Mauá em 2004. Passei dois mêses a trabalho no entreposto da Zona Frande de Manaus em Resende. Na verdade fiquei em Penedo que faz parte de Itatiaia.
Lembro que foi paixão a primeira vista.
Os versos do Renato Terra são perfeitos para caracterizar Visconde de Mauá:

"Cachoeiras
E a chuva com gosto de flor
E de noite
A cachaça é uma nas vendas locais

Lá em Mauá..."

Grande abraço