26.5.10

COMIDA DI BUTECO 2010 - OS DOIS PRIMEIROS CONFIRMADOS

Os organizadores do COMIDA DI BUTECO mantêm, no site oficial do festival, a um dia do início do troço, um mistério bobo sobre os participantes da edição 2010 do Rio de Janeiro. O site da revista RIOSHOW, d´O GLOBO ONLINE, entretanto, já expõe dois dos bares que integrarão a lista.

Um deles é o ORIGINAL DO BRÁS, em Brás de Pina, campeão em 2008 e vice-campeão em 2009. Vamos ao que diz o jornal:

"Para participar do festival Comida di Boteco, o bar preparou um pestico especial: BRASILEIRINHO ORIGINAL, iscas de carne de sol servidas com purê de mandioca feito com maionese Hellmann's e flocos de alho frito (R$18)."

Olha a maionese aí, gente!

O segundo é o ENCHENDO LINGUIÇA, no Grajaú:

"Para participar do festival Comida di Boteco, o bar preparou um pestico especial: DAS TRIPAS CORAÇÃO, porção de linguiça feita na casa com coração de frango. Acompanha polenta frita, cebola temperada no vinho e ovos de codorna (R$36)."

Aparentemente, sem a maionese do patrocinador. Vamos acompanhar de perto.

As informações estão aqui e aqui.

Até.

5 comentários:

ricardo disse...

Goldenberg, mudando de assunto de uma olhada nesse link falando sobre o "Pacheco", torcedor brasileiro da Copa de 82.
http://www.raialeve.com.br/conteudo/index.php?cod_cont=4046&&cod_secao=4&&mes=06&&ano=2006

João Carlos disse...

http://odia.terra.com.br/blog/bocanomundo/index.asp

Dentinho disse...

Ontem recebi das mãos do Afonso do Real Chopp que está participando da promoção um livrinho com todos os participantes do referido concurso. A grande maioria usando a maionese na receita...rs.Um dos poucos e verdadeiros petiscos que não usam a referida maionese é justamente o do Real o kibe de bacalhau.
abs.

Claudio Renato disse...

Sou cria de Brás de Pina e posso dizer: as melhores pedidas de lá são o Bar do Américo e o Bar do Itamar (também conhecido como Bar do Côco). Em Brás de Pina, o Original é a quinta ou sexta opção. Para quem quiser dar uma olhada no Américo, recomndo a bela foto tirada pelo Eduardo Carvalho e publicada no blog Sambas, Boemia e Vagabundos.

Legal!

Wander Costa disse...

Edu,
Com certeza irei na punheta da Portuguesa. A gelada e o pastel de camarão de lá são muito bons.

Claudio, aos sábados pela manhã, sempre vou à feira de Brás de Pina comprar peixe na banca do Paulo. Às vezes, vou ao Bar do Coco curar a ressaca com um coco gelado. Acabei percebendo algo curioso: a quantidade de coroas "cabeça-branca" que param para tomar uma só cerveja, logo de manhã.

sds.