19.5.10

RODA DE VITROLA

A pedida de hoje é a roda de vitrola que será promovida pela livraria do meu coração, a FOLHA SECA, na calçada em frente, na rua do Ouvidor, 37. Comandando a vitrola e responsável pelo repertório, o folclórico Felipinho Cereal, dono de um acervo que ultrapassa a marca de 5.000 LP´s. A partir das 18h.

vitrola

Até.

6 comentários:

MOYSEIS MARQUES disse...

Vou lá !

M.M. disse...

Vou lá !

Henrique disse...

caro Eduardo

Que belíssima idéia.
Só podia ser na casa do Rodrigo, o livreiro mais antenado do Rio.
Vou até falar com ele e ver se me autoriza a copiar a idéia. Quero fazer algo parecido por aqui. Não tenho 5000 LPs, mas uns 1500 ainda me restam e deles não me separo. E o que mais tenho é MPB. Reunir pessoas para ouvir essas preciosidades é algo ótimo para recarregar as energias perdidas nos embates diários.

Saudações bauruenses do
Henrique P. Aquino (www.mafuadohpa.blogspot.com)

Nelson Borges disse...

Fala Edu,
Só de ler fiquei com o gosto da Serramalte na boca,
abraços no Felipinho e no Rodrigão,
uma pena estar embarcado numa hora dessas.

bçs

Eduardo Goldenberg disse...

Henrique: fiz uma trapalhada aqui com os botões e recusei o comentário que foi deixado pelo Felipinho Cereal. Ei-lo:

"Henrique, fiz a primeira vitrolada no Antigamente, às terças, e há alguns anos fazia no Largo das Neves. Comentei com o Digão, que realmente é o cara que dá mais presentes para a rua do Ouvidor, e é lógico que ele topou. A vitrolada tem tudo a ver com a rua e com a livraria. Sempre homenagearemos alguém e ontem foi o Jamelão. Quanto a copiar a idéia, não vejo problemas. É só pegar a vitrola e botar a bolacha pra rodar. É bom pra todos."

caique disse...

Saudades da Folha Seca, do Rodrigo. Eu brincava com ele dizendo que a livraria dele causa dependencia física! haha! Não estou mais trabalhando ali na Rio Branco, hoje estou em Niterói, mas qualquer hora passo lá prá dar um alô. Edu, diga ao Rodrigo, quuando você encontrá-lo, que o Caíque manda um abraço.
Valeu, irmão.
C.