15.5.10

VARANDÃO SONORO DOS SÁBADOS

O varandão sonoro de hoje, me permitam a falta de modéstia, está demais. Vamos ouvir uma gravação dificílima de ser encontrada, de uma beleza condoída e desprezada pelas rádios - que novidade... - cada vez mais invadidas por programas político-religiosos. As poucas que sobram agem no esquema do jabaculê. As exceções não ocupam os dedos de uma mão, ainda que seja a mão com quatro dedos do Lula. SANTO AMARO é um choro belíssimo, de Aldir Blanc, Franklin Corrêa da Silva e Luiz Cláudio Ramos, interpretado pelo bardo da Muda. Foi gravado no disco RIO, RUAS E RISOS, de 1984, que celebra o encontro de Aldir Blanc e Maurício Tapajós.

Até.

Um comentário:

Rafael Leal disse...

Uma das canções que mais me emocionam na música brasileira!