2.9.10

ESTE BLOG É UM BLOG SUJO

Caso eu tivesse tempo - o disponível que tenho, dedicado ao trabalho, preciso vender para me sustentar - interpelaria judicialmente o candidato José Serra buscando uma declaração mais firme e mais contundente, mais direta e menos vaga, com relação ao que pretendeu dizer, efetivamente, quando afirmou (e vem afirmando, reiteradamente):

"Lula investe diariamente no desequilíbrio do jogo. Boa parte desta estratégia não deixa de ser alimentada por recursos públicos. Boa parte desses blogs sujos são mantidos com recursos dessa TV Brasil, que não foi feita para ter audiência, mas para criar empregos na área de jornalismo e servir de instrumento de poder para um partido."

Espero que alguém o faça. Dito isso, quero lhes fazer uma declaração: o BUTECO DO EDU é, e com orgulho, um blog sujo.

É um blog sujo, evidentemente, apenas segundo a ótica estrábica desse homem que, ao postular a Presidência da República, não mede esforços, estes sim os mais sujos e baixos, para desestablizar a democracria brasileira. E não, não creio na possibilidade de um efetivo golpe para derrubar a candidatura que mantém, segundo a mais recente pesquisa, 26 pontos percentuais de vantagem. Não creio no golpe que, subrepticiamente, José Serra sugeriu, vago como sempre, quando encontrou-se a portas fechadas, na semana passada, no Rio de Janeiro, com militares do naipe de Jair Bolsonaro. Não creio no êxito do pedido de impugnação da candidatura de Dilma Rousseff, protocolado ontem no TSE, eis que rigorosamente árido de provas contundentes, calcado apenas na falácia e nas bravatas do PSDB.

Creio, entretanto, que este blog é, sim, um blog sujo. É sujo porque eu não faço parte da "massa cheirosa", essa tosca figura criada por uma serelepe (e àquela época entusiasmadíssima) Eliane Cantanhêde, tacanha jornalista a serviço do que há de mais raivoso no Brasil (reveja aqui). É sujo porque eu não meço esforços na hora de expôr, a faceta de jornalistas que fazem tudo, menos jornalismo, como Ricardo Noblat, d´O GLOBO (evidentemente), que em tom de deboche (expediente sempre usado pela direita), disse concordar com a afirmação que consta da imagem abaixo, postada ontem.

É sujo porque não canso de dizer que Miriam Leitão, Merval Pereira e côngeneres, jornalistas que ultrapassam o limite do ridículo quando se valem de seus espaços na imprensa para a divulgação de "tratados" que atentam contra a inteligência de uma azêmola.

É um blog sujo, afinal.

Como um pé-sujo, qualificação que merecem os botequins mais vagabundos, aos quais eu não resisto.

E se foi José Serra o homem que criou a expressão, mais ainda me orgulha dizer que sim, tenho um blog sujo. Aprendi que ser detratado por gente como ele, que nas últimas semanas lançou por terra qualquer resquício de respeito por seu passado longínquo que eu mantinha, é uma forma digna de elogio.

Até.

2 comentários:

Eduardo Carvalho disse...

Tô contigo nessa.
Esses autodenominados "limpos" são nada mais que a velha direita e a sua atávica vocação para o golpe...

Bj.

AOS QUARENTA A MIL disse...

Se este Blog é sujo a revista VEJA é imunda.
Ela consegue ser parcial da primeira a última página contra Lula e Dilma.