14.2.11

BAR DA BOA, NA LAPA, RJ

ESTE TEXTO AGORA PODE SER LIDO AQUI.

12 comentários:

Samia Helena disse...

Ah Buteco não sabes como me ajuda..estou indo passar o carnaval no Rio..e sempre estico um pouco mais..como gosto de ir à Lapa..claro o Bar da Boa só mesmo se for pra olhar a propaganda na rua..valeu..valeu mesmo...
Abs

Samia Helena disse...

Obrigada....valeu a dica...
Abs

Eduardo Goldenberg disse...

Ah, Samia Helena, queres mesmo uma dica? Fuja da Lapa. Vá de dia pra ver os Arcos da Lapa, apreciar o casario da rua do Lavradio e pra beber um grande chope (talvez o melhor da cidade hoje em dia) no Bar Brasil, quase na esquina da Mem de Sá com a Lavradio (procure pelo Ézio, um grande garçom). Nada mais ali se salva. À noite, então, trata-se da maior arapuca de otário da cidade.

mirtes disse...

Que texto maravilha!!!
Abraços Edu

mirtes

marianna disse...

edu,

muito obrigada pelo carinho. tbm fiquei vaidosa. só queria ressaltar que este texto tem forte inspiração no que leio aqui neste balcão, razão que me fez enviá-lo para vc.

de resto, precisamos - eu, vc e vitor - marcar uma cerveja. de preferencia no rio-brasilia.

marianna

CRAQUE DA GEMA!!! disse...

marianna, dia desses te levo no embalo bar, no leblon!

pe-sujo de primeira em plena dias ferreira.

r.pian

Faber disse...

Oba! Poupei tempo, dinheiro e paciência lendo este post. E, trazido até aqui pelo interesse em ler tudo o que Marianna escreve, virei cliente. Passarei por aqui regularmente.

Daniel Banho disse...

Gostei.
E o Sinhazinha é, de fato, um belo e autêntico buteco.

marianna disse...

Vc o conhece, Daniel? Frequenta? Conhece o seu Ramos?

Daniel Banho disse...

Marianna,

Só fui lá umas 3 vezes, com amigos que moram ali por perto. É na esquina da Praia do Flamengo com Machado de Assis, não é?
Não tenho como frequentar muito porque moro em Niterói.
Mas, nas poucas vezes que eu fui, bebi cerveja sempre gelada e comi uma carne assada gostosa a um preço justo.
Não tive ainda o prazer de conhecer o Seu Ramos.

Abraços

Leonardo Azevedo disse...

não tem jeito....eu gosto do belmonte e não tenho vergonha de admitir...talvez porque infelizmente não tenho mais 25 anos.

Mandy Ressaca disse...

O boteco da garrafa também desconfigura a Lapa. Agora, que samba esquisito. Só falta o Frank Aguiar ser o sambista! Até potei no blog www.tulipafurada.blogspot.com - com referência ao colega, claro!